domingo, 15 de fevereiro de 2015

43. Nem oito, nem oitenta.


Acho que sempre me mascarei de uma pessoa forte, bruta em palavras e demasiado dona de si própria. Impulsiva e talvez um pouco arrogante, mas sempre fui assim. Escondida por detrás de uma muralha que eu mesma desenhei e construí. 
Mas às vezes não chega, e quebro. Quebro de uma maneira tão intensa como eterna. Quebro sem pré-aviso, quebro com a impossibilidade de retorsão. 

23 comentários:

  1. Se calhar deverias começar a ser tu mesma, a 100%, claro que vai ser difícil, mas supera-te! :)

    ResponderEliminar
  2. Por vezes também sou um pouco assim... acho que está relacionado com as desilusões, tristezas,feridas e lágrimas que vamos colecionando ao longo dos anos...

    http://the-blog-ofmylife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. r: Hoje em dia já poucas pessoas entendem esta sensação de escrever com a alma... a maior parte apenas escreve o que pensa, não o que sente...

      Eliminar
  3. Como eu te entendo... Andamos tempos e tempos em que vamos sempre aguentando as pequenas desilusões, fingindo sermos fortes... mas chega a uma altura em que o nosso "suporte" quebra e aí sentimo-nos mesmo sem forças...
    Beijinho e tudo de bom!

    ResponderEliminar
  4. Lua.... Gostei de vir aqui.... Muito legal teu blog.... bem escrito!!
    Queria te seguir... mas meu blog é meio impróprio, cheio de imagens.. apesar de eu usar meus antigos poemas. Por isso peço-te autorização.
    E pode deletar meu comentário se você quiser. Em tempo... volto aqui para saber se você me permite ser teu seguidor!

    ResponderEliminar
  5. Toda a gente tem o direito de "quebrar" de vez em quando :) Força!

    ResponderEliminar
  6. Obrigada! Bem me parecia que já tinha visto alguns laivos daquela escrita por aí...
    Como estás?
    Obrigada, eu também estou aqui para ti :)

    ResponderEliminar
  7. Obrigada! Bem me parecia que já tinha visto alguns laivos daquela escrita por aí...
    Como estás?
    Obrigada, eu também estou aqui para ti :)

    ResponderEliminar
  8. Espero que te reconstruas, Lua! <3 :)

    r. Isso mesmo! ^^
    Beijinhos,

    www.rapazdobuzio.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  9. Subscrevo querida! Sou tãão igual a ti!

    Love youu <33

    ResponderEliminar
  10. Foi um dia muito bom, Lua. Obriagad :)

    ResponderEliminar
  11. Quebrar é perfeitamente normal, só prova que no fundo ainda és humana!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  12. Como te entendo... Mas há momentos em que temos de nos deixar quebrar para depois nos erguermos ! Força! :)

    ResponderEliminar
  13. Acho que todos somos um pouco assim, e não faz mal :)

    ResponderEliminar
  14. r: completamente! Estou a começar a viver este meu sonho. E é apenas o início :)

    ResponderEliminar
  15. todos nós somos assim, nem que seja para recarregar energias.
    adorei blog, segui *

    ResponderEliminar
  16. Este texto identifica-se um pouco comigo, por fora tentamos ser muito fortes e que aguentamos tudo mas ao fim de um tempo ''quebramos''.
    Gostei do blog, segui :)

    ResponderEliminar
  17. Por vezes dicamos perdidas nas nossas próprias máscaras!

    Passei-te um desafio no blog: http://apequenabonecadetrapos.blogspot.pt/2015/02/tag-i-love-my-blogger.html

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  18. É um bom mecanismo de defesa mas também não permite que os outros vejam quem realmente és.

    ResponderEliminar
  19. Sou tao isso, mas ainda nao consegui quebra-la :/

    ResponderEliminar
  20. força, alguém como tu consegue sempre superar os problemas!
    r: como correram os exames?

    ResponderEliminar
  21. Revejo neste post..
    Comecei a seguir-te!

    ResponderEliminar